Teleconversor

[sc:script ]

Conteúdoteleconversor; Nikon; TC-17EII 1.7x;


Introdução – o que é

Se você precisa chegar mais perto do objeto que está fotografando que o zoom – distância focal da sua lente permite, então considere utilizar uma lente teleconversora.

Também chamada apenas de teleconversor, esta lente não funciona por si só no corpo da câmera. Ela deve ser inserida entre uma lente principal e o corpo da câmera, e tem o objetivo de magnificar a imagem.

Os teleconversores oferecem diversos valores de magnificação. Um teleconversor de 1.4x, por exemplo, aumenta em 40% a distância focal da lente com a qual você está trabalhando, dando a impressão que o objeto fotografado está mais próximo da câmera. Veja as duas fotos abaixo.

Quando comparados às lentes telefoto, os teleconversores são leves e pequenos, além de serem mais baratos. Assim, dois problemas dessas lentes – caras e pesadas – são de certa forma resolvidos quando se usa o teleconversor. Comprar uma lente primária com distância focal de 200mm e um teleconversor de 2x sai mais barato do que uma lente primária de 400mm, além de todo esse conjunto ser mais leve do que a lente.


Diferentes magnificações

As opções de magnificação mais comuns são 1.4x (que aumenta o zoom em 40%) e 2x (aumenta o zoom em 100%). Alguns fabricantes também oferecem versões de 1.7x (que aumenta o zoom em 70%).

Um detalhe que deve ser citado é que o teleconversor adiciona mais camadas de lentes por onde a luz tem que passar antes de chegar ao sensor. E como já falado em outros artigos, por quanto mais camadas de vidros (lentes) a luz tem que passar, mais chances a imagem final tem de apresentar aberrações e distorções e perder nitidez.

Uma fotografia tirada com uma lente primária de 400mm f/2.8 vai ter maior qualidade do que uma feita com uma lente primária do mesmo fabricante de 200mm f/2.8 + teleconversor de 2x. Veja a seguir um gráfico ilustrativo.

É importante notar que, assim como acontece com as lentes, quanto pior a qualidade dos elementos internos do teleconversor (lentes e revestimentos), pior será o contraste da fotografia tirada com ele.

Além disso, o uso de um teleconversor vai diminuir a entrada de luz para o sensor. Um teleconversor de 2x, por exemplo, diminui essa entrada em dois stops. Veja a tabela abaixo mostrando quantos stops se perdem de luz para cada magnificação.

Magnificação Perda de luz Uma lente
de f/2.8
passa a ter
f mínimo de
1.4x 1 stop f/4
1.7x 1.5 stops f/4.7
2x 2 stops f/5.6

Não se preocupe em compensar essa exposição perdida, pois o medidor de exposição da sua câmera “sabe” que tem uma quantidade de luz reduzida entrando no sensor. Devido a essa perda de luz, pode ficar mais difícil do autofoco funcionar, levando mais tempo para focar. Além disso, quando for necessário aumentar o tempo de exposição para compensar a entrada mais baixa de luz, o uso de um tripé é aconselhado.


Montagem do teleconversor

Veja no vídeo abaixo como é simples a montagem do teleconversor na câmera. Para usar o teleconversor, após montado e firme no corpo da câmera e lente, basta clicar o disparador. Nenhum ajuste é necessário no teleconversor em si após a sua montagem.

Antes de montar o teleconversor na câmera certifique-se que ela está desligada.

Em alguns casos de fabricantes específicos, montar o teleconversor na câmera e só depois encaixar a lente, pode causar um erro. Se isto acontecer com o seu equipamento, instale primeiro o conversor na lente e só depois monte a lente com o conversor na câmera.


6 dicas de como usar teleconverters e obter melhores resultados

  1. Para garantir o funcionamento correto de todas as funções do conjunto câmera+teleconversor+lente, certifique-se de fazer a montagem do mesmo com a câmera desligada.
  2. Devido ao seu arranjo ótico, teleconversores não funcionam se montados em série. Por exemplo, não adianta montar um teleconversor de 2x em outro de 2x e esperar que a imagem final seja magnificada 4x.
  3. Se o botão disparador for acionado enquanto o conversor está montado na câmera sem lente, pode ser que o espelho da câmera fique levantado. Para abaixar o espelho, basta clicar novamente o disparador.
  4. Use teleconversores apenas com lentes telefoto ou super-telefoto. O design dos teleconversores não permite bons resultados com lentes grande angulares ou normais.
  5. Se for usar foco manual, dê preferência a utilizar um tripé. Para ser mais fácil de acertar o foco, proceda da seguinte forma: posicione a câmera no tripé sem o teleconversor e foque no objeto escolhido usando o autofoco da lente. Em seguida, não mova o tripé, instale o teleconversor e fotografe sem precisar focar, pois o foco já estará configurado.
  6. Para a utilização de um teleconversor com lentes pesadas (por exemplo uma 400mm f/2.8), apoie a lente no tripé (e não o corpo da câmera). Isto é para garantir que as conexões da lente e do teleconversor permaneçam em contato.

As setas indicam as conexões da lente e do teleconversor.

Fabricantes e tabelas de compatibilidade

Veja na tabela abaixo uma lista de fabricantes de teleconversores e opções de magnificação que estes oferecem, além de fabricantes compatíveis de lentes e/ou corpos de câmera.

Na tabela, os fabricantes Canon, Nikon e Sony α/Minolta foram marcados por um sistema de cores por aparecerem muitas vezes e serem as marcas mais procuradas, facilitando a busca dos mesmos.

Fabricante
teleconversor
Opções de
magnificação
Fabricantes compatíveis(1)(2)
de lentes e/ou corpos de câmera
Bower 2x  Canon ,  Nikon ,  Sony α/Minolta 
Canon 1.4x, 2x  Canon 
Fujifilm 1.4x Fujifilm
Hasselblad 1.7x Hasselblad
Kenko 1.4x, 2x  Canon ,  Nikon ,  Sony α/Minolta 
Nikon 1.4x, 1.7x, 2x  Nikon 
Olympus 1.4x Olympus
Pentax 1.4x, 2x Pentax
Pro-Optic 1.4x, 2x  Canon ,  Nikon 
Ricoh 1.4x Pentax
Rollei 1.4x, 2x Rollei
Sigma 1.4x, 2x  Canon ,  Nikon , Sigma
Sony 1.4x, 2x  Sony α/Minolta 
Tamron 1.4x, 2x  Canon ,  Nikon , Tamron
Vivitar 1.4x, 2x  Canon ,  Nikon , Pentax,  Sony α/Minolta 

(1) A compatibilidade depende do fabricante e modelo do teleconversor. Por exemplo, um teleconversor que encaixa em uma câmera Canon não encaixa em uma câmera da Nikon e vice-versa.

(2) Antes de se decidir, certifique-se se a compatibilidade do teleconversor com o conjunto câmera + lente é completa ou parcial. Algumas vezes, mesmo que o teleconversor seja 100% compatível com a lente, ele pode não ser inteiramente compatível com o corpo da câmera (perdendo por exemplo o foco automático). O CameraNeon não se responsabiliza pela sua escolha de teleconversores.


Para quem usa câmera Nikon, por exemplo, é possível usar teleconversores da Bower, Kenko, Nikon, Pro-Optic, Sigma, Tamron e Vivitar. Após saber esses nomes de fabricantes e antes de comprar, seja mais específico e cheque a compatibilidade do corpo da sua câmera e da(s) sua(s) lente(s) com o modelo de teleconversor desejado. Algumas lentes podem perder o foco automático e/ou a redução de vibração quando usadas com determinados modelos de teleconversores em conjunto com modelos específicos de corpos de câmera.

E mesmo que o teleconversor encaixe na lente e no corpo da câmera e não haja nenhuma aparente incompatibilidade, é possível ainda que ocorra um dos 3 cenários a seguir:

  1. Compatibilidade Parcial: Metadados com informação da lente não são passados para a câmera e não são salvos na fotografia. Só serão salvos os metadados com informações da câmera.
  2. Compatibilidade Parcial: Os metadados da fotografia aparecem errados, sem considerar a magnificação e a perda de stops. Exemplo: Para uma foto tirada com uma lente 200mm f/2.8 + teleconversor de 2x, ao invés de mostrar 400mm f/5.6, os dados EXIF mostram 200mm f/2.8.
  3. Compatibilidade Completa: Os metadados aparecem corretamente e consideram a perda de stops e a distância focal exata (multiplicada). Exemplo: Para uma foto tirada com uma lente 200mm f/2.8 + teleconversor de 2x, os dados EXIF mostram 400mm f/5.6.

Os links listados abaixo mostram tabelas de compatibilidade dos teleconversores para Nikon, Canon e Sigma. Observe que a redução de vibração de cada fabricante tem diferentes nomes e siglas, que nada mais são do que a mesma coisa. A Canon chama de IS (Image Stabilization) e a Nikon de VR (Vibration Reduction).


Vantagens e desvantagens dos teleconversores

Dadas as vantagens dos teleconversores frente a comprar uma lente de maior ditância focal:

  • Menor custo;
  • Menor tamanho;
  • Menor peso.

E desvantagens:

  • Redução da entrada de luz;
  • Perda de nitidez/qualidade da fotografia;
  • Possível incompatibilidade de alguma(s) função(ões) com a lente usada (como autofoco e redução de vibração).

Cabe ao fotógrafo decidir se o custo-benefício vale a pena.


Publicado por Câmera Neon em 2014-07-19 23:07:41. Última atualização em . [sc:end2 ]

Visitado 6,755 vez(es), 1 visita(s) hoje