A Vida Secreta dos Esquilos, por Nancy Rose

[sc:script ]

Introdução

Ao ver o portfólio da fotógrafa Nancy Rose você vai se deparar com diversas fotografias de esquilos super criativas. As fotos de esquilos não são como a maioria que vemos pela internet: elas passam por toda uma preparação especial, com arranjos e props em miniaturas que deixam os pequenos animaizinhos selvagens em situações familiares para nós, seres humanos.

No mundo da fotografia, não basta ter uma boa ideia para se destacar, temos que executá-la com exímio. Esquilos enviando cartas, cozinhando e andando de carro são apenas alguns dos exemplos de ideias de fotos extremamente bem executadas por Nancy, que lançou o livro “The Secret Life of Squirrels” (tradução livre: “A Vida Secreta dos Esquilos”) em Outubro de 2014. Um segundo livro, “Merry Christmas, Squirrels!” (tradução livre: “Feliz Natal, Esquilos!”), foi lançado em Outubro de 2015.

Nancy vive em Nova Scotia, costa leste do Canadá. Entrevistamos a fotógrafa para saber um pouco mais sobre ela e seu trabalho fotográfico com os esquilos.



Entrevista


CameraNeon: Quando você começou a fotografar esquilos? O que te motivou a preparar as cenas com pequenos móveis e utensílios?

Nancy Rose: Eu comecei a fotografar esquilos em 2007, no jardim da minha casa, assim que comprei minha primeira câmera digital. Só comecei a explorar minha criatividade adicionando os pequenos móveis e objetos em 2010, quando decidi fazer um calendário para presentear a família e os amigos. Eu planejava criar imagens que ilustrassem cada mês (Namorados, Natal, Páscoa etc então eu tive que ser bem criativa).



Qual o segredo para atrair os esquilos para as cenas montadas por você e conseguir que eles façam a pose perfeita?

É difícil conseguir poses perfeitas sem ter que tirar muitas fotos. Tenho também que planejar onde vou esconder alguns amendoins. Enquanto os esquilos ficam procurando por amendoins eu vou tirando muitas fotos, esperando que algumas saiam com um bom foco, uma boa iluminação e uma pose interessante, que seja mais ou menos a que eu tinha em mente.


Já aconteceu de um esquilo levar com ele algum objeto do cenário que estava montado?

Sim, uma vez carregaram um “patinho de borracha” (feito de argila comestível), de uma cena com uma banheira, para o alto da árvore. Um gaio-azul o derrubou de volta no chão, então não o perdi. Outra vez, eles levaram uma mini meia de Natal, que estava cheia de amendoins, de uma cena natalina com uma lareira. Eles sempre derrubam os móveis, e eu acabo desistindo de colocá-los de volta.



Tem alguma foto que você goste mais? Por quê?

Tem muitas de que gosto, não posso escolher uma só. As minhas fotos favoritas são as com melhor iluminação e as mais difíceis, como a do sorvete e a do banco no parque. Algumas que se destacam são a que tem as cadeiras de praia, que eu mesma fiz, e uma que tem uma piscina e pequenas cadeiras de jardim, enviadas por uma fã da Alemanha.


Quanto tempo demora normalmente para completar uma sessão de fotos, do início (quando você começa a organizar o cenário) até o fim?

Às vezes eu consigo fotos muito boas de primeira, mas eu continuo fotografando só para tentar algumas ainda melhores. Eu posso ficar um dia inteiro com um cenário montado, e às vezes nada acontece – e aí vou continuar tentando no dia seguinte. A foto com uma caixa de correio da capa do meu livro “A Vida Secreta dos Esquilos” foi uma das fotos mais fáceis que tirei.



Que câmera você usa? E que tipo de lente?

No momento, eu fotografo com uma Canon 6D porque é boa para situações de iluminação fraca, com uma variedade de lentes dependendo de onde está montada a minha cena. Eu uso todos os tipos de lente, desde uma Macro 100mm até uma Zoom 100-400mm.


Para fotografar os esquilos, você costuma usar algum acessório como tripé, disparador remoto, ou alguma luz especial?

Normalmente deixo minha câmera montada no tripé. É comum eu adicionar uma luz de preenchimento com uma ou duas luzes de LED, porque o lugar onde monto os cenários fica na sombra. Às vezes uso o flash e tento rebater na parede lateral da minha casa para deixar a luz mais suave. Minha câmera fica pronta para bater a foto, na posição certa e com o foco já configurado para a cena – ela fica dentro de casa quando está frio ou úmido, e fora de casa durante dias quentes e de sol. Da minha cozinha, consigo ver os cenários enquanto estou sentada trabalhando na edição de outras fotos no meu laptop, e quando os esquilos vêm eu abro a porta e já posso bater a foto pois a câmera já está pronta.



Você publicou os livros The Secret Life of Squirrels (A Vida Secreta dos Esquilos) e Merry Christmas, Squirrels! (Feliz Natal, Esquilos!). Fale-nos mais sobre a publicação, lições aprendidas e desafios que teve.

Eu tive sorte que uma agente literária com muita experiênciar me procurou após ter visto algumas de minhas fotos no jornal da sua cidade. Ela me ajudou a entrar em contato com duas editoras: Little, Brown Young Readers nos Estados Unidos e Penguin Random House no Canadá. Minha ideia inicial era fazer um livro do alfabeto, mas as editoras queriam uma história. Então trabalhamos juntos em uma história usando fotos que eu já tinha, assim como algumas que tirei para o primeiro livro. Eles ficaram satisfeitos com a grande procura e decidimos fazer um segundo, “Merry Christmas, Squirrels!” (Feliz Natal, Esquilos!). Estamos trabalhando em um terceiro que terá um tema de Amor e será lançado no início de 2017.



Sobre

Sempre fui interessada em artes, fotografia e artesanato de todas as formas. Quando adquiri uma câmera digital em 2007 meu amor antigo por fotografia cresceu, pois eu podia então aprender e explorar. Fiz diversos cursos rápidos, assisti muitas vídeo-aulas online e também aprendi muito do que sei pelo método tentativa e erro e observando fotógrafos talentosos no Flickr.

Meus primeiros interesses na fotografia foram paisagens e macros de flores, pois eles não se movem, mas os esquilos surgiram de repente e eu me apaixonei pela sua curiosidade e fofura. Quando criança, eu gostava de fazer móveis para casas de boneca e costurar roupas de bonecas. Minha experiência foi útil quando decidi começar a fazer os móveis e acessórios para os cenários dos esquilos. Quando eu não estou explorando meu mundo atrás da câmera, trabalho em uma escola a meia hora de casa. Nos últimos 12 anos eu venho trabalhando como Conselheira Pedagógica, após vários anos como professora. Decidi me aposentar em 2016 para ter mais tempo para meus netos que moram por perto – e para meus esquilos, é claro.


Contatos

www.secretlifeofsquirrels.com

www.facebook.com/secretlifeofsquirrels

www.flickr.com/photos/nancyandwayne

♦ twitter: @nancyrose38


Links livros

♦ “The Secret Life of Squirrels” (tradução livre: “A Vida Secreta dos Esquilos”)

Amazon.com / Amazon.com.br

♦ “Merry Christmas, Squirrels!” (tradução livre: “Feliz Natal, Esquilos!”)

Amazon.com / Amazon.com.br



Publicado por Câmera Neon em 2015-11-10 18:16:35. Última atualização em . [sc:end2 ]

Visitado 791 vez(es), 1 visita(s) hoje