Fotos: Iluminação externa natural com Ephemeris

Fotografia: Iluminação externa natural com Photographer’s Ephemeris

Como usar o aplicativo The Photographer’s Ephemeris com foco em viagens

Conteúdo


Introdução

Com o número crescente de smartphones e preços cada vez menores de internet móvel, diversos aplicativos entraram no mercado para ajudar fotógrafos a tirarem fotos melhores. Para pessoas que gostam de viajar e tirar fotos, um dos maiores desafios é saber a que horas o sol e a lua vão nascer ou se pôr e, ainda, aonde exatamente aonde eles vão cruzar a linha do horizonte.

Tendo esses dados em mãos com antecedência, o fotógrafo consegue planejar sua viagem e locações antes mesmo de chegar em um lugar que ele ainda não conhece. Isso pode ser um diferencial para otimizar o tempo e a produtividade do fotógrafo, rendendo ótimas imagens em seu álbum de viagens.

O aplicativo The Photographer’s Ephemeris ajuda a escolher a melhor época do ano, a que horas chegar e aonde ir para fotografar com a melhor luz possível.

Este artigo foca no uso do Photographer’s Ephemeris para planejar viagens fotográficas. Mas nada impede que você o use até mesmo na cidade onde você mora, pois este aplicativo é bastante útil para fotografia externa em qualquer lugar do mundo.


Comandos básicos

Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris

Estas são as opções que aparecem na parte superior do aplicativo.

Destacamos em verde, laranja e azul as opções que consideramos mais importantes/interessantes.

Em verde, estão as duas mais importantes de todas, por onde você começa: nelas você pode escolher um lugar e uma data para ver a linha do tempo do sol e da lua.

Em laranja, estão as funções relacionadas à lista de favoritos (locais salvos). Esta lista de locais salvos pode ser exportada como formato KML e se você já tiver uma lista KML de outro site, pode importar para cá também.

Em azul, a opção “ver no ShotHotspot” abre o site ShotHotspot.com, que mostra locais “quentes” para fotografar perto do lugar escolhido por você.

 

Agora, vamos ao uso do Photographer’s Ephemeris focado em viagens fotográficas.


Melhores datas e horários para fotografia externa com luz natural do sol ou da lua – 6 exemplos com Ephemeris

1 – Veja quantas horas de duração o dia e a noite vão ter

Escolha datas no futuro e confira as horas do nascer e do pôr do sol, para entender quantas horas de duração os dias e as noites terão.

Dias mais longos estão relacionados a temperaturas mais altas e ao verão. Por outro lado, dias mais curtos podem ser associados a temperaturas médias mais baixas, de inverno.

Lembre-se que fica mais fácil de fotografar o nascer do sol em dias mais curtos, já que o sol nasce mais tarde.

Veja os exemplos seguintes a sul da Cidade do Cabo, África do Sul:

Exemplo A: no dia 21 de dezembro de 2015, o sol nasce às 5:30 (Sunrise) e se põe às 19:57 (Sunset) = aproximadamente 14 horas e 27 minutos de sol neste dia.
Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris

 

Exemplo B: no dia 21 de Junho de 2015, o sol nasce às 7:52 e se põe às 17:43 = aproximadamente 9 horas e 52 minutos de sol neste dia.

Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris


2 – Veja a fase da lua em datas no futuro

Isto é útil, por exemplo, quando o objetivo é fazer astrofotografia. Uma lua cheia é tão clara que ofusca estrelas e outros corpos celestes.

Outro exemplo é para fotografia de paisagens noturnas, ou de atividades noturnas, como observar tartarugas marinhas desovando. Nestes casos, noites de lua cheia são melhores.

Noites como a mostrada abaixo são exemplos de boas condições para astrofotografia, com a lua pouco iluminada e não visível por quase toda a noite.

Para ver a hora que a lua vai nascer procure por “moonrise”. E a lua vai se pôr na hora indicada por “moonset”.
Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris


3 – Melhores dias para fotografar a lua em paisagens diurnas

Os melhores dias para fotografar paisagens diurnas com a lua aparente são os seguintes:

  • Quando a lua está nascendo logo antes do sol morrer;
  • ou quando ela está morrendo logo após o sol nascer.

Estes dias terão um gráfico com formato similar a este:
Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris


4 – Programe a sua viagem fotográfica para estar no ponto certo e na hora exata

Por exemplo, ter o Arco do Triunfo diretamente iluminado pelos primeiros raios do sol nascendo no fim da Av Champs-Élysées é algo que só ocorre duas vezes ao ano. Veja abaixo uma destas datas, com a linha amarela que representa o nascer do sol exatamente no mesmo traçado da avenida.
Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris


5 – Elevação do sol e a melhor luz natural externa para fotografar

A maioria dos fotógrafos entende a regra geral que as melhores horas para fotografia com luz natural são perto do nascer e do pôr do sol. Nestes momentos o sol está mais próximo da linha do horizonte e a iluminação está mais fraca.

As cores da fotografia ficam mais saturadas, os contrastes de sombras ficam menos fortes e, por causa disso, achar a exposição correta pode ficar mais fácil. Quando o sol está baixo, mesmo paisagens comuns ficam extraordinárias por causa da iluminação externa.

Em alguns dias do ano, dependendo da posição que estamos no planeta, mesmo durante o sol de meio-dia a altura do sol em relação ao horizonte permanece baixa. Desta forma, por toda a duração do dia (que vai ser curto), a luz natural para fotografar é ótima, ou seja, o fotógrafo não precisa esperar os momentos perto do nascer ou pôr do sol.

Olhe o exemplo a seguir de Oslo na Noruega, durante o solstício de inverno (22 de dezembro no hemisfério norte). A posição mais alta do sol em relação à linha do horizonte é apenas 6.8 graus! O dia tem aproximadamente apenas 6 horas de duração, mas todas estas horas têm iluminação externa muito boa para a fotografia.
Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris

O exemplo a seguir mostra que, em Oslo, mesmo no pico do verão, o sol chega no máximo a apenas 53.5 graus em relação ao horizonte. Ou seja, durante a maior parte do dia, a iluminação natural para fotografia é relativamente boa.
Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris


6 – Descubra a hora real do nascer e do pôr do sol dependendo da geografia local

Dependendo da sua posição em relação a cadeias de montanhas ou morros e da sua altitude, o sol pode acabar nascendo depois da hora oficial mostrada em relatórios de agências de clima. Pode ser que o sol fique encoberto atrás de montanhas por vários minutos, até que ele apareça.

Dependendo de elevações à sua volta, pode ser que o sol se ponha mais cedo também.

Por exemplo, assistir ao pôr do sol a partir da Pedra do Arpoador é uma das coisas que todos os turistas deveriam fazer em visita ao Rio de Janeiro. No dia 1o de janeiro de 2015 o sol morre no mar às 19:41.
Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris

Durante alguns dias de outono (ex. 3 de março), o sol morre por detrás do Morro do Vidigal (236m acima da Pedra do Arpoador). Use o pino cinza (Geodetics) para ver a diferença em ângulo e elevação e estimar a hora real que o sol vai morrer. Leve o pino para o ponto mais alto do morro que coincida com a linha do pôr do sol, clique em Sunset e vá voltando no tempo minuto a minuto. Repare que às 18:09 o sol estará a +1.9° (e o texto em preto – ou seja, não se pôs ainda) e no minuto seguinte, às 18:10, ele estará a +1.7° (e este número está em cinza, o que significa que o sol não será mais visível do ponto escolhido). Aprendemos então que no dia 3 de março de 2015, o sol vai se pôr às 18:19, mas para quem está na Pedra do Arpoador ele se esconde atrás do morro às 18:10).

Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris

Dicas de fotografia externa com iluminação natural- Ephemeris


Aonde fazer download

O Photographer’s Ephemeris está disponível nas seguintes versões:

  • Desktop: em forma de web app (sem instalação necessária, funcionando diretamente do seu navegador);
  • iOS (para iPad e iPhone/iPod Touch);
  • Android.

Use este link para acessar o site: PhotoEphemeris.com


Publicado por Câmera Neon em 09/Setembro/2014. Última atualização em . Câmera Neon

Visitado 2,315 vez(es), 1 visita(s) hoje