Usando a câmera fotográfica a 25°C negativos

Para participar do projeto One Day on Earth, do qual participaram fotógrafos e artistas do mundo inteiro enviando vídeos de um dia específico, o fotógrafo Alessandro Della Bella resolveu enviar um vídeo de time-lapse feito do topo de duas montanhas suíças.

O dia era 12 de dezembro de 2012. As montanhas escolhidas foram Piz Corvatsch (onde estava uma temperatura “amena” de 25°C negativos) e Piz Nair (um pouco mais “quentinho”: 15°C negativos)! Elas ficam perto de St Moritz, na Suíça. Veja o mapa mostrando a localização das mesmas:

Além de ter capturado imagens/ cenas incríveis de estrelas e constelações se “movendo”, ele teve a sorte de ter presenciado – e fotografado – uma chuva de meteoros.

Para fazer este vídeo, Della Bella tirou mais de 10 mil fotografias. Ele trabalhou com 5 câmeras Canon ao mesmo tempo, além de várias lentes e baterias. Observe que a partir dos 5min0s do vídeo, ele mostra fotos do making of, onde se conseguem ver várias fotos de suas câmeras congeladas!

Veja o vídeo a seguir:

One Day on Earth: Cold Engadin Time Lapse Night from Alessandro Della Bella on Vimeo.

Della Bella diz que trocava as lentes congeladas de vez em quando e as esquentava em frente a um forno, para poder usá-las novamente quando as outras congelassem. O vento também ajudava a tirar o gelo das lentes. As baterias tiveram que ser trocadas a cada 1 a 2 horas.

Segundo o fotógrafo, as temperaturas muito baixas causam problema no funcionamento das baterias e não na câmera em si – isso enquanto o ar estiver seco. O problema mesmo é quando a umidade está alta[*].

[*] Esta é a opinião do fotógrafo e não necessariamente reflete a opinião do CameraNeon.


Preparamos três páginas com dicas de como cuidar de sua câmera e equipamento fotográfico em condições adversas de tempo. Visite:

Visitado 205 vez(es), 1 visita(s) hoje